9 de setembro de 2020

Resenha: O Canalha disse Sim

Título: O Canalha disse sim
Autora: Clyra Alves
Editora: ---
Páginas: 249
Adicione no Skoob
Sinopse: Nathan Russell arrumou todas as desculpas.

Primeiro, a sua filha precisava de uma mãe. Segundo, ele não deixaria a herdeira de seu benfeitor afundar em ruínas. Terceiro, ele só poderia protegê-la se ela estivesse dentro de sua casa.

Com esses três argumentos, não foi assustador para Samantha River receber um pedido de casamento da sua parte.

Então estava feito. Ele não precisava responder que sim quando perguntassem se era verdade que o maior canalha das noitadas nova iorquinas estava rendido pelo amor.
              
Nota: 4/5

Olá amiguinhos Leitores ❤
Como eu amo um romance mais simples, li e vim trazer aqui pra vocês também. O livro quase chega a ser um clichê, é rápido, envolvente, defende o empoderamento da mulher na sociedade, com um romance que já deu errado no passado e uma garotinha para ser cupido.
"Eu esqueceria meu próprio nome, mas nunca de você. Jamais de você."
Samantha River acabou de perder seu pai muito amado, e já estavam tentando roubar a fortuna dele. Ela só colocou tudo no papel, todas as contas e jurou que iria trabalhar muito para conseguir reerguer o nome da sua família da lama. O que ela não esperava é um cara muito insistente e bom de argumento bater na sua porta ao lado de uma garotinha, que Sam sabia que era filha dele, e oferecer ajuda.

Nathan Russell, se tornou um grande empresário com a ajuda do falecido pai de Samantha, e jurou que iria ajuda-la principalmente em situações como a qual se encontrava agora. Ela não só tinha perdido tudo, a família e o dinheiro, como também estava correndo risco de morte para o nome River desaparecer de vez. Só que a ajuda que ele oferece, irá retomar todos os sentimentos que tinham quando eram mais jovens, inclusive os de mágoa, já que eles não se explicaram quando Samantha teve o coração destroçado pelo canalha. 
"Em fim, ainda que eu passe pelo vale da sombra da morte, passarei de salto alto."
Casar. Essa era a melhor opção, ao ver de Nathan. Aliás, por que não colaborar para os dois lados? A filha precisava de uma mãe, já que a mãe verdadeira nem queria mais vê-la. E era inegável a atração que nunca morreu entre Nathan e Sam.

Ao contrário do que imaginei, Sam aproveitou o homem ao seu lado, e começando pela lua de mel, ela iria fazê-lo se apaixonar por ela. O que deixou um Nathan abalado de tão envolvido. Samantha, não precisava fazer nada para isso, porque o canalha já era dela, já estava aos seus pés desde a adolescência. Só deu pra perceber como esse casal se merecem mesmo haha

O livro é muito divertido, com humor, romance e um pouquinho de perigo. Eu acho todos os livros que aparecem crianças incríveis. E inclusive esse livro, Lottie a filha de Nathan com outra mulher, é uma garotinha esperta, muito fofa... encantadora. Nathan teve uma criação bem diferente da de Sam, e por isso Sam muitas vezes tinha que intervir na hora de ensinar Lottie, Nathan tinha um pouco de traços marxistas, herdados de seu próprio pai. Sam bem ao contrário dele, é uma mulher independente, e com objetivos, com um pensamento de que pode fazer qualquer coisa com um pouquinho de esforço. 
"Talvez a cura para um canalha é uma canalha e meia. Talvez."
É um livro muito divertido com algumas farpas que o casal troca, e as cenas com a Lottie são as melhores. O casal fica sempre em contrito entre si em pensamento quando o assunto é o passado deles, coisa que precisam conversar para seguirem em frente. Mas enquanto isso, eles se juntam e tentam não abaixar a cabeça para a ex-mulher de Nathan e Tyler, quem quer roubar toda a grana de Sam. Um ponto negativo, foi que nenhum deles tinha muitos amigos, cara, como uma mulher não tem uma amiga pra desabafar? E Nathan tem um amigo que nem parece melhor amigo, eles não tem uma amizade forte. Nenhum dos dois falam muito com as pessoas além de empregados da casa, e isso é chato. Mas também, não é algo que incomoda muito na leitura. 

Indico o livro para todos que querem ler algo leve e sedutor, eu mesmo não gostando da capa, me surpreendi em como a história conseguiu ser boa. E está disponível no Kindle Unlimited 😉

4 comentários:

  1. Oi Melissa,

    Adoro romances clichês, são super legais para sair de uma ressaca de livros mais pesados.
    Não conhecia esse, mas vou anotar como dica!

    Bjs
    https://diarioelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Ei, eu ainda não conhecia essa história, mas eu tomo como uma boa indicação, eu gosto bastante de livros de romances, todos são muito bem vindos na minha vida (bom, quase todos). Mas esse se enquadra. Eu adorei a sua resenha, beijocas!

    https://resenhabookshouse.blogspot.com/?m=1

    ResponderExcluir
  3. Oi, Melissa como vai? Que bom que o livro lhe agradou. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Melissa.
    Pelo jeito já peguei mais uma dica boa por aqui. Tá anotado e minha lista que nem é pequenininha só faz crescer. Nunca li nada dessa autora.
    Bjus

    ResponderExcluir

Olá, que bom que veio!
Deixe seu comentário, e logo retribuirei sua visita 💖