29 de janeiro de 2020

Resenha: Último Amor

Título: Último Amor (Redeermers Motorcycle Club #2)
Editora: Independente 
Autora: Bia Sarah
Páginas: 345
Resenhista: Mel
Adicione: Skoob
Sinopse: ELE


Como presidente dos Redeemers MC, Jay-Jay sempre esteve rodeado por seus irmãos de clube e lindas mulheres, mas seu coração não está ali, não desde muito tempo atrás. Abrir mão daquela que ele amou não foi fácil, mas preciso, suas responsabilidades com o clube falaram mais alto. Só que agora, com ela novamente em sua vida, Jay-Jay não vai mais deixá-la escapar, nem mesmo se ele tiver que enfrentar todo o clube para isso.




ELA

Mary Anne o observou e o amou de longe, mas o destino não os deixou ficar juntos, colocando muitos percalços no caminho. Tudo o que ela tinha desejado era ser dele, mas com o tempo o sentimento se tornou um sonho que ela acreditou não poder mais concretizar. Até que em um instante tudo mudou novamente e lá estava ela, frente a frente com ele e então era a hora de lutar.




ELES

Um perigo os uniu novamente e agora é hora de pôr as diferenças de lado, esclarecer o passado e seguir em frente. Um amor que nasceu de uma amizade e que transformou dois jovens corações será forte o suficiente para vencer os perigos que vão surgir?

Um primeiro e último amor os ligou durante anos, e chegou o momento de vivê-lo.


Nota: 3/5
✋Atenção. O livro contém spoiler do livro anterior Última Chance, já resenhado aqui no blog.

Nossa, lembro que eu estava mega ansiosa para ler a continuação e dois anos se passaram até eu ler finalmente. Eu nem achava que era tanto tempo assim. 
"Então ela levantou os olhos e à sua frente estava ele. O homem dos sonhos mas românticos e mais eróticos que uma garota poderia ter, mas também o causador de todas as suas lágrimas e noites em claro."


O livro narra o momento em que Jay-Jay e Mary Anne se conhecem ainda novos através da amizade de seus pais. Foi um momento fofo, uma parte linda da história, mas logo o livro é narrado mais pra frente, quando alguns anos se passaram e Jay-Jay já havia quebrado o coração de Mary Anne e focado a sua vida em outro rumo. O fato é que com a perda do seu pai, Jay-Jay assumiu a presidência do clube e com toda a bagunça e novas responsabilidades ele não viu onde ela se encaixaria ali. 

Quando os dois haviam se conhecido o irmão de Mary Anne havia entrado para o Clube de Motoqueiros. Então, Jay-Jay era impossível não ter notícias dela, mas ainda não era como antes. Passaram alguns anos que não se viam quando de repente uma notícia pega ele de surpresa: Mary Anne está correndo perigo e indo atrás de abrigo e proteção com seu irmão.

Nesse livro vemos que o espírito de família é muito forte no clube, eles começam a se mexer para ajudar a "irmãzinha" de Tiggy. Ela está fugindo de um suposto quase ex-namorado que a agrediu. Mas quando vai esclarecer a história, os membros do clube sabem que se trata de uma vingança ligada ao clube devido à um membro do clube estar envolvido. Sendo assim, o melhor a fazer é ela ficar um tempo com eles.
"- Você quebrou. - Ela congelou imediatamente. O tom de voz dele era duro, mas ela quase podia sentir algo mais. - Você malditamente quebrou na minha frente e na de todos, então, sim, eu vou tomar o que precisar para que essa merda não aconteça mais e eu possa ter você inteira... [...] Você é minha para proteger."
Esse meio tempo que ela fica no clube é ótimo, e também é ótimo para quem leu o primeiro livro, para matar a saudade dos outros personagens porque o livro segue com o de antes. Revi a Meddison e foi muito especial, é bem fácil lembrar dos personagens dessa história então, me lembrei dos que tinha conhecido no primeiro livro e conheci mais outros personagens.

Já no Clube Mary Anne se dá super bem com as meninas de lá - só não com uma possível noiva de Jay-Jay - e com os rapazes. Porém, ficamos um certo tempo da história com esse casal lutando para superar o passado, tentando resolver as desavenças. Foi bem chato a Mary Anne ser chorona com tudo, até poderia justificar isso devido ao ocorrido que colocou a vida dela em risco, mas não dá pra engolir esse motivo porque em outros momentos ela se faz de durona. Ah, bem chato isso.
" - Tio Jay, o que aconteceu com o seu rosto? - Aidan disse ao derrapar à sua frente e apontar para o seu queixo.
- Isso campeão - Tevor disse antes que Jay-Jay respondesse, então pegou Aidan no colo. - É o resultado de um irmão muito ciumento, então aprenda com o seu tio Tiggy e não deixe que ninguém chegue perto da sua irmãzinha quando ela crescer." 
Os personagens principais não foram muito desenvolvidos, por vezes sendo irritantes. Muitas cenas pareceram forçadas, pensei em desistir várias vezes, mas a curiosidade era bem maior. Então quando chegou perto do meio da história, eu consegui pegar o ritmo e me envolver na trama, os acontecimentos foram muito tops, uma coisa positiva da autora foi isso. Ela conseguiu me manter presa por causa do suspense e dar aquele tiro no final do livro. Depois de terminar a leitura eu já estou desesperada para ler o próximo livro, já tem um gancho para o próximo e vai entrar personagem novo 💃

Embora tenha seus pontos negativos, foi uma leitura que acabei curtindo muito. Foi muito legal o romance e as cenas mais de ação e suspense que tiveram. Vou ler o próximo assim que lançar, espero que não demore muito haha Ô desespero que dá esperar lançar a sequência de um livro...


12 comentários:

  1. Oi, Melissa como vai? Que pena que a leitura não tenha sido o que você esperava. De todo o modo, a leitura não foi de todo ruim para você. Estás até querendo ler a continuação. Adorei a resenha. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade haha foi boa ao ponto de me fazer querer ler a continuação

      Excluir
  2. Pela sua experiência, esse livro tem o que eu mais odeio: personagens que não são bem desenvolvidos e faz a gente passar raiva e momentos forçados. Por isso não o leria!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo, super entendo amiga. Foi estranho na verdade porque os personagens secundários são maravilhosos.

      Excluir
  3. Oi Mel, que bom que seguiu com a leitura, não gosto muito quando essas coisas acontecem, ainda mais quando a gente não se conecta com os personagens, fica tudo muito mais difícil!
    :(

    Beijos Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, se não fosse a curiosidade em saber no que ia dar, eu nem teria ido até o final.

      Excluir
  4. Oi Mel, puxa uma pena a questão dos personagens não terem sido bem desenvolvidos, mas ainda bem que você não desistiu e no final não ficou tão ruim e vc curtiu.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi, verdade haha e também o livro tem os seus pontos positivos :)

      Excluir
  5. Olá...
    Você me desanimou a ler por completo quando mencionou que os personagens foram mau desenvolvidos e que tem cenas que parecem forçadas... Prefiro passar a dica!
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk Que ruim Diane, mas então, é bom quando alguém avisa uma coisa dessas antes da leitura.
      Beijos ^-^

      Excluir
  6. Oie, tudo bem?
    Ainda não conhecia, valeu pela dica
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir

Olá, que bom que veio!
Deixe seu comentário, e logo retribuirei sua visita 💖