11 de dezembro de 2019

Resenha: O Sonho do Tigre


Título: O Sonho do Tigre / Editora: Arqueiro
Autora: Colleen Houck / Páginas: 608
Resenhista: Melissa (Mel) / Adicione: Skoob
Sinopse: Aguardado último livro da série A maldição do tigre, que teve direitos vendidos para a Paramount Pictures.


Colleen Houck já vendeu mais de 700 mil livros pela Editora Arqueiro.



Um passado de solidão. Um futuro de mágoa e abandono. E a possibilidade de mudar tudo, desde o começo.



Com a derrota do feiticeiro Lokesh, só parecia restar ao príncipe Kishan Rajaram passar a eternidade cumprindo a promessa de proteger a linda e irascível deusa Durga. Preso no passado, ele sofre depois que seu irmão, Ren, e Kelsey, a garota que ambos amam, voltam ao presente e começam a viver o seu “felizes para sempre”.



Então, quando o xamã Phet aparece pedindo sua ajuda para salvar Kelsey, Kishan agarra a oportunidade com unhas e dentes, disposto a voltar atrás na sua decisão de ficar no passado e assim mudar seu destino. O tigre negro está prestes a descobrir que aquilo que parece o fim pode ser apenas um recomeço...



Com um desfecho extraordinário, a autora Colleen Houck apresenta neste quinto volume uma visão completa da empolgante saga dos tigres. Numa complexa teia de viagens pelo tempo, Kishan e Durga concluem, entre idas e vindas, uma tarefa após a outra para garantir que a linha traçada para o destino da humanidade seja cumprida – o tempo todo lutando contra a tentação de interferir e redesenhar o futuro.



“A maneira como Colleen tece a cultura indiana, o hinduísmo e o conto de fadas criado por ela, transformando-os em uma história de amor repleta de ação, é arrebatadora.” – blog Hollywood Crush, MTV.com



“Uma montanha-russa do começo ao fim: este livro tem ação, história, poesia, romance, magia, tudo que você poderia querer. Um livro com tanta paixão e emoção que você não será capaz de largá-lo.” – RT Book Review



“Colleen Houck claramente foi fundo em suas pesquisas sobre a cultura indiana e, com isso, criou descrições detalhadas capazes de fazer os leitores visualizarem os cenários da história com perfeição.” – School Library Journal

       

    Nota: 3/5                      


Olá leitores 💟
Sou fã da série A Maldição do Tigre mesmo eu encontrando muito erros da autora. Só consegui comprar esse ano esse livro porque aqui na minha cidade não tinha chegado antes e eu preferi comprar por aqui mesmo. Só fiz resenha do primeiro livro aqui no blog (Clique Aqui), e tenho outro post sobre frases de toda a saga (Clique Aqui)... Mas vou parar de enrolar que provavelmente a maioria de vocês sabem sobre ele rsrs'



Após a derrota de Lokesh, Ren vai ter seu final feliz ao lado de Kelsy. Relembrando que foi um tanto difícil para Kishan deixa-la ir com Ren porque ele a amava (Pra mim não foi nada difícil, o par da Kelsy deveria ser o Ren realmente!). Nesse livro, vemos o que vem depois disso, não tudo, mas o lado de Kishan. Ele agora é o tigre da Deusa Durga (Mika) e suas emoções estão pra lá de depressivas. Ele fica remoendo um remorso de não ter ficado com a Kelsy, ele anda extremamente triste, com saudades dela, meio ranzinza e suas brigas com a deusa Durga são muito constantes.

Mika e Kishan mesmo tendo suas desavenças, ficam juntos para desempenharem o papel de Deusa e Tigre da Deusa; eles ouvem as preces que os outros fazem destinado à Deusa Durga e tentam solucionar esses problemas e atenderem às petições. A parte mais divertida disso é quando eles têm que guerrear, eles são ótimos lutando juntos! É triste Mika perceber que ele ainda ama Kelsy e não poder fazer nada para ajudá-lo. Então, um belo dia ele se esbarra com um conhecido que nós amamos (acho melhor não citar quem, pra deixar a emoção pra quem vai ler ainda haha).
"Então talvez eu encontre. Não aquela por quem meu coração sofre, mas aquela que anseia por ser minha."
Essa pessoa diz que Kishan e Mika precisam ajudar Kelsy e Ren, que eles estão em perigo. Logo de cara Kishan sonha em poder falar com a Kelsy e tentar convencê-la de ficar com ele Que iludido, mas essa ideia é descartada depois, visto que era perigoso para o destino de cada um. Mas mesmo assim, as emoções dele eram muito palpáveis, ele viva triste e curioso em como estava a vida de sua amada, e a coitada da Mika tendo que suportá-lo. Ah, mas na verdade os dois são muito cabeça quente. Lógico que a dupla aceita ir ajudar.

Então temos todo o decorrer do livro uma aventura por vários lugares e uma viagem no tempo. Eles revivem cenas, os momentos mais marcantes das aventuras do Ren da Kelsy e do Kishan e até temos uma volta no passado da Anamika, e sabemos um pouco sobre o início da Deusa Durga (é revelador e apaixonante esses momentos!!) Tudo isso para recuperarem os tesouros da Deusa Durga que são capazes de deter Lokesh.
“Eu não queria ser desviado. Queria ruminar a falta que Kelsey me fazia e sentir pena de mim mesmo.”
Foi um livro bom, divertido, cheio de aventuras e lutas. Mas acredito que algumas páginas seriam poupadas se não tivesse muito mimi do Kishan e sua tristeza e o quanto eles não entendiam as coisas -_-  Só lendo pra me entenderem. Mas eu gostei bastante do romance que o livro trouxe, e o passado da Deusa Durga, sem comparação, esses foram as melhores abordagens do livro! O final foi muito bom e lindo, mas sinto que a autora encheu de linguiça pra demorar pra nos contar o final. Com todos os pontos positivos e negativos, ainda assim essa é uma das minha séries favoritas 💕 eu amo reler todos os livros.


14 comentários:

  1. Olá, Melissa.
    Eu li essa série quando lançou e na época até que gostei bastante. Mas de lá para cá meu gosto mudou e por isso nem quis ler esse livro. E ver você falando sobre o mimimi de Kishan me fez ver que foi uma decisão acertada.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk Então você não ia gostar dessa parte, mas mesmo assim, esse e o primeiro livro foram os melhores de toda a saga, acho que ia gostar pelo menos um pouco haha

      Excluir
  2. Oi, Melissa! Eu li essa série já faz um tempinho e, lembro-me que, quando o li, gostei bastante da estória. Sua resenha fez eu relembrar de momentos agradáveis que essa leitura proporciona e outros nem tanto. Abraço!


    lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Melissa! Tudo bom?
    Acho que nunca vou conseguir ler esse livro porque odiei o final do Kishan. Ele era meu bebê e merecia mais do que aquele tapa buraco que toda ponta de triângulo amoroso sempre recebe, terminei a série com raiva e continuei assim UHASUHASUHASUHASUHUHASUHAS prefiro evitar a fadiga com esse volume.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkk Ô iludida!! Para com isso amiga, vá ler! Tudo precisa saber do que acontece. Você vai gostar, tenho certeza. Eu gosto muito do Kishan também e esse livro conhecemos mais sobre a vida dele e gostamos do final, tem cada cena incrível que você enlouquece lendo kkkkk te garanto que tu vai gostar!

      Excluir
  4. Eu li o primeiro livro alguns anos atrás e curti, mas não suficiente para me fazer continuar a série. Pelo menos esse último livro não foi de todo ruim.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, entendo. Bom, sempre vou amar os personagens por isso relevo os pontos negativos de toda a história rsrs'
      Beijos ^-^

      Excluir
  5. oi, Mel
    Eu amei essa série, foi uma das séries de fantasia que mais me deixaram eufórica. Só que faz tanto tempo que li que não sei se conseguiria ler esse livro, porque pouco me lembro dos personagens, além do final deles.
    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AAAh que ruim Miriã, mas deixar eu dar um mini spoiler, temos uma retrospectiva da aventura toda, de uma forma diferente, não entra personagens diferentes, e já são poucos os principais, acho que você conseguiria ler sim. Mas quem sabe tu não consegue reler ^-^ Eu amo reler essa série <3
      Beijos *-*

      Excluir
  6. Eu esperava um desfecho mais satisfatório para Kishan mas ainda assim foi bom ver toda a cultura indiana que a Colleen consegue colocar no enredo deixando-o bem rico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, mas nem temos tantos dados da cultura indiana nesse livro, e o final é muito lindo 💖

      Excluir

Olá, que bom que veio!
Deixe seu comentário, e logo retribuirei sua visita 💖